Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Massa 7 dias por semana

Um blog sobre as peripécias de uma rapariguita que foi viver sozinha

Massa 7 dias por semana

Um blog sobre as peripécias de uma rapariguita que foi viver sozinha

24.06.20

Tens uma cara tão bonita...

Valerie

Pena seres gorda.

Ultimamente, e ainda não percebi muito bem porquê, tenho assistido a uma autêntica massificação de mulheres a reiterar a excessiva importância que se dá ao corpo - em prol de uma figura perfeita que só existe na nossa cabeça.

Durante grande parte da minha vida tive problemas sérios com a balança. E ainda hoje os tenho. Embora também tenha passado por algumas fases em que estava tudo bem e o peso estava no sitio.

E, ao longo de todos estes anos, tenho ouvido muita vez esta frase. Aliás, acho que nós, mulheres acima do peso, ouvimos todas.

Certo é, que algumas influencers que mostram diariamente os seus abdominais definidos, têm vindo a tentar, nos últimos tempos, passar a ideia de que o corpo perfeito não existe e que o nosso foco deve ser a saúde.

Ya, nós sabemos disso. E agradecemos imenso estes conselhos, vindos de pessoas que pesam 60 kg mas acham que estão gordas. E que, na realidade, nunca tiveram problemas em encontrar uma peça de roupa.

Sim, eu já sei que me vão encher a caixa de comentários, principalmente as magras com a paranoia de serem gordas, mas sabem que mais, estou-me pouco nas tintas. Um pouco de empatia meninas e meninos, ok? 

Passando à frente. Estas meninas que vivem da visibilidade que o Instagram lhes dá, e que, como já mencionei, tão bons conselhos dão, são as primeiras que te olham de lado quando passas na rua. Ou quando vais à praia e vestes um bikini. Ou quando vais aos provadores das lojas com blusas XL. 

Não me venham com merdas de que o excesso de peso é preguiça, não fechar a boca e companhia limitada. Para algumas pessoas até pode ser, sim. Mas, ainda que assim seja, vocês conseguem imaginar o profundo desgosto que um/a gordo/a tem por o ser? Conseguem imaginar o que é comprar roupa que dá, e não a que se gosta? Pensar 2 vezes antes de sentar numa cadeira, porque o rabo pode ficar lá preso?

Sim amigos. Eu não sou extremamente gorda, mas estou alguns (bons) kilos acima daquilo que era o ideal para mim. E no meu caso, ya, admito que é um bocado de falta de vontade, de motivação e de esforço. Mas eu estou bem comigo mesma. Quem não gosta, lamento, olhe para o lado.

Mas o ponto é que eu não fiquei assim por comer que nem uma tresloucada. Eu fiquei assim, após alguns anos dentro do peso ideal, porque alguém me receitou uns comprimidos que não devia... E deu merda. Da grossa, por sinal.

E a todos aqueles que aqui vêm perder um pouco do seu tempo, e que julgam que os gordos são felizes, enganam-se. Tenho consideração. Tenham empatia. Nós sabemos que estamos acima do peso, não precisamos que nos estejam constantemente a recordar.

E sim, somos bonitas e bonitos, e somos também gorduchos. Ou como diz um grande amigo meu, fortemente elegantes.

2 comentários

Comentar post