Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Massa 7 dias por semana

Um blog sobre as peripécias de uma rapariguita que foi viver sozinha

Massa 7 dias por semana

Um blog sobre as peripécias de uma rapariguita que foi viver sozinha

17.06.20

Haters, ao 12º post

Valerie

Bom, realmente há dias cabrões.

E ao que parece a liberdade de expressão ficou pendurada em algum lado, porque já não podemos usufruir dela. Tão pouco tentar "brincar" com a realidade em que vivemos...

Recebi, ao meu último post, uma catrefada de comentários EXTREMAMENTE MALDOSOS, que resolvi apagar - sim, porque lamento, não dou crédito a "desconhecidos".

Pergunto: existe alguma petição online que vos imponha a visita ao meu blog? Se existe, não é do meu conhecimento. Se não existe, só cá estão porque querem.

Nunca, mas absolutamente nunca, fui pessoa de andar a difamar terceiros nas suas redes sociais. Posso até comentar na privacidade do meu grupo de amigos, mas nunca ofereci ódio gratuito.

Engraçado, esta porcaria de blog tem meia dúzia de dias, e, ainda assim, com meia dúzia de postagens, conseguem ter tempo e paciência para vir criticar à grande e à francesa.

Mas não têm mais nada que fazer?

Fds. Desculpem mas não consigo entender. Nem é karma nem nada, porque como anteriormente disse, jamais andei a criticar, colocar defeitos e a vomitar ódio nas redes sociais de terceiros. Se não me interessa ou não gosto, não vou lá. Ponto.

Pior, é que normalmente a malta não tem tomates para se assumir. Este caso não foi diferente. 

Mas vamos esclarecer aqui alguns pontos:

1º Nunca comparei a nossa vida (leia-se, jovens) com as dos nossos pais. Apenas abordei o tópico pois gostaria que todos nós também conseguissemos atingir essa liberdade [EMBORA EU TENHA NOÇÃO, PORQUE NÃO SOU ESTÚPIDA, QUE TEMOS MUITAS MAIS TENTAÇÕES].

2º Também não me queixei da falta de dinheiro. Se a magestade que veio vomitar ódio para o meu post é rica, parabéns para si. A mim não me falta absolutamente nada. Apenas ENTENDO (leia-se, liberdade de expressão] e SINTO-ME NA OBRIGAÇÃO de aos 27 anos já não querer depender dos meus pais.

 

Epa, sinceramente, vontade de mandar esta merda toda ao ar. FDS! Como é que é possível que alguém que nem dá a cara, de uma insignificância absurda, consegue estragar o dia a uma pessoa.

Excusam de ir à procura dos comentários porque eu já apaguei. Não admito, pura e simplesmente. Este espaço é meu, faço com ele o que eu quiser.

 

Divertam-se, e sejam felizes. Vão aproveitar o sol, ao invés de atazanarem o juízo aos outros. 

 

Ps: acabei por dar demasiado crédito a esta pessoa. 

2 comentários

Comentar post